Publicado por: Evandro Dias | 24/11/2012

Minhas experiências XXVIII

Saudações de Bacolod,

Os dois primeiros anos aqui moramos em Capitoville Subdivision, localizada no centro de Bacolod. Segundo informações dos Filipinos em Capitolville mora os mais ricos da província e eu não tenho dúvida. Foi uma experiência que ainda não tinha vivido na minha vida, morar entre os ricos.

casa em que moramos por dois anos

Durante esse tempo fizemos muitos pouco amigos, tudo porque nós nunca os viamos andando pela rua, apenas um grupo de mais o menos quinze pessoas que caminhavam de manhã. Pelo visto quem é rico tem muito medo de perder o que tem e por isso eles se trancam atrás de grades de ferro, carros peliculados e um monte de cachorros bravos, que lhes protegem durante a noite.

essa casa além do murro ainda tem um monte de arrame, é assim quase todas as casa dentro da subdivisão

E olha que Bacolod nem se compara com Belém e outras cidades Brasileiras em termos de violência. Aqui é tranquilo, se pode andar com dinheiro, sair do Banco sem aquela sensação que tem alguém lhe seguindo para lhe assaltar. Lógico que malandro tem em todo lugar, mas se falando de segurança aqui é maravilha para se viver.

Capitolville tem três entradas com dois seguranças cada uma, vinte e quatro horas cuidando da segurança. Carro só entra se tiver o slogan da associação, pessoas e carros desconhecidos só têm acesso por uma entrada e só entram com indentificação. Mesmo assim com toda essa segurança muitos ricos ainda contratam seguranças particulares para vigiarem suas casas.

As únicas pessoas que nós tinhamos contato e que depois foram os nossos amigos foram os seguranças e alguns empregados, como aqui a mão de obra é barata eles tem muitos empregados. Motorista, cozinheiras, jardineiro…..

Uma das coisa que nos pertubou muito foi as buzinhas dos carros e os latidos dos cachorros, acredito que noventa porcento dos moradores têm cachorros. Os motoristas, quando chegam em frente do portão, ficam buzinando até vir um empregado para abrir o portão.

A coisa boa foi a nossa horta caseira orgânica, economizamos uma boa grana. Uma experiência que compartilhei aqui no blog e incentivei muita gente a fazer o mesmo. Cuidamos de um monte de gatos de rua com alimentação.

tudo orgânico da nossa horta


essa turma ficaram orfão de comida:(


Aprendi que somos classificados conforme o nosso poder econômico. Rico é com rico e pobre é com pobre não tem jeito é fato.

Mudamos para outra subdivisão muito diferente, as pessoas são como a gente: simples e a convivência melhorou muito: estamos nos sentindo à vontade.

Estou começando uma nova horta e uma criação de galinha caipira, logo logo postarei as fotos aqui.
Abraço e saudades da família e dos amigos.

Anúncios

Responses

  1. legal amigãoooo…
    saudadsss…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

  • Nenhuma categoria
%d blogueiros gostam disto: